Contato

+55 (11) 3747-9222

E-Mail

Compartilhe ››

Pesquisa: Literatura Brasileira de Expressão Alemã

Pesquisa: Literatura Brasileira de Expressão Alemã > Matthaeus Braun 1872-1954

Grupo RELLIBRA - "Relações Linguísticas e Literárias Brasil-Países de língua alemã" | www.rellibra.com.br
Credenciado na USP e no CNPq
Coordenação Geral: Profa. Dra. Celeste Ribeiro de Sousa

 

Matthaeus Braun (1872-1954): Vida e obra

Autoria: Celeste Ribeiro de Sousa, 2009

ISBN: 978-85-64168-12-1

Direitos autorais: veiculação autorizada pela editora.

 

Dados biobibliográficos

 

Matthaeus Braun nasceu em Biberach, na Suábia, a 24 de outubro de 1872. Casado com Berta Deissler, teve dois filhos: Ervino e Helene. Durante os anos de recessão econômica, de pois da Primeira Grande Guerra, mais precisamente em 1923, emigrou para o Brasil, tendo-se estabelecido como mestre-marceneiro em Ijuí, no Rio Grande do Sul, onde construiu uma fábrica de móveis e onde morou de 1923 a 1953. Nesta cidade, também foi representante do jornal Argentinisches Wochenblatt (Semanário Argentino). Em 1953, Matthaeus Braun mudou-se para a cidadezinha Três Passos, no mesmo Rio Grande do Sul, onde veio a falecer em 2 de outubro de 1954, aos 82 anos.


Consta que Matthaeus Braun era um homem extremamente laborioso. Dele, no entanto, conhece-se apenas uma narrativa.

 

Imagem: Mosteiro Heiligkreuztal  nas proximidades de Biberach, hoje.

 

 

Narrativa:


Müllers Lene. Erzählung aus der schwäbischen Heimat. (A Lena do Moleiro. Conto da pátria suábia). In: Serra-Post-Kalender. Ijuí, Ulrich Löw, 1950, p.227-235. Deutsch Português

 

 

Resumo comentado: clique aqui.

 

 

Bibliografia crítica

Sousa, Celeste H. M. Ribeiro de - A narrativa literária no Anuário do Correio Serrano após 1948: temas. São Paulo, FFLCH-USP, 1980, p. 39-48.