Publicações virtuais

A ideia de publicar e-books e textos digitais com distribuição gratuita faz parte dos objetivos do Instituto Martius-Staden, que busca fomentar a difusão do intercâmbio cultural entre o Brasil e povos de língua alemã. Confira nossos títulos e não deixe de baixá-los:

 

A construção do Gosto Musical no Brasil do século XIX
Mauricio Monteiro

 

 NOSSA HISTÓRIA: a saga da família Kreutzfeldt em terras mineiras e paulistas
Sidinei Quartier e Regina M. Croisfelt

 

Uma Vocação Inabalável: a saga de um suíço pelas províncias brasileiras

Marilia Marx Jordan

 

Insalubridade, doenças e imigração: visões alemãs sobre o Brasil
Karen Macknow Lisboa

 

Unhealthiness, disease, and immigration: German views of Brazil
Karen Macknow Lisboa

 

Zwischen Gummizapfern und Kautschukbaronen: Erinnerungenan 18 Jahre im Kautschukhandel in Amazonien (1897-1915)
Josef Maria Feichtner

 

A rua Quintino Bocaiuva, berço dos imigrantes alemães
Eloy Câmara Ventura

 

Glueckauf: Emigration desirable!
About 3.000 Harz people emigrated to the South Australia, USA and South America sponsored by the Kingdom of Hanover in the middle of the 19th century
Corinna Meiss

 

Schlepper, Nepper und Migrantenfänger anno 1827

Em novembro de 1827, cerca de 500 imigrantes da região de Renânia-Palatinado, 237 deles secretamente, ou seja, sem passaporte válido, deixaram sua terra natal para emigrar para o Brasil. O professor Friedrich Hüttenberger documenta em detalhes os acontecimentos dessa jornada, desde a partida até as primeiras dificuldades com a entrada na Holanda, o tempo de espera até o embarque na Maria Helena, o naufrágio sofrido depois, o resgate por outros navios e o tempo de espera forçado em Falmouth, além da prontidão para ajudar os habitantes de Falmouth e finalmente a partida no James Lainig para o Rio de Janeiro onde os emigrantes chegaram em 2 de junho de 1828.

***

Im November 1827 verlassen ca. 500 Pfälzer, davon 237 heimlich, das heisst ohne gültigen Reisepass,ihre Heimat um nach Brasilien auszuwandern. Friedrich Hüttenberger dokumentiert die Ereignisse detailliert von der Abreise bis zu den ersten Schwierigkeiten bei der Einreise nach Holland, die Wartezeit bis zur Einschiffung auf der Maria Helena, der danach erlittene Schiffbruch, die Rettung durch andere Schiffe und die darauf folgende erzwungenne Wartezeit in Falmouth, aber auch die rieisge Hilfbereitschaft der Einwohner von Falmouth und endlich die Abreise auf der James Lainig nach Rio de Janeiro wo die Auswanderer am 2.Juni 1828 ankamen.

Friedrich Hüttenberger

 

Homenagem a Rubem Fonseca
Em 2009, o Instituto Martius-Staden publicou sua crônica “Reminiscências de Berlim” (Martius-Staden-Jahrbuch, nº 56). Para lembrar o autor que acompanhou presencialmente na capital alemã a queda do muro de Berlim, em 1989, oferecemos hoje, em formato digital, alguns trechos do texto original e de sua tradução para o alemão, “Erinnerungen an Berlin”.

Essa tradução, que pretendemos publicar na íntegra em uma ocasião futura, é de sua amiga alemã, a tradutora e brasilianista Ute Hermanns, que o visitou pela última vez em outubro de 2019, no Rio de Janeiro, e iniciou a tradução logo após o seu falecimento, em 15 de abril de 2020.

A crônica aborda a vivência do autor em torno da queda do muro de Berlim durante aqueles dias de 1989.

Tradução: Ute Hermanns | Idiomas: alemão e português

 

Apresentações sobre a Fazenda Ibicaba

Bruno Witzel de Souza e Leonardo Santin Gardena

 

 

Brasilianische Legenden: von deutschsprachigen Einwanderern und ihren Nachkommen geschaffen oder ins Deutsche übersetzt

Celeste Ribeiro-de-Sousa (Organisation und Vorwort)

 

IMAGOLOGIA: Coletânea de ensaios de Hugo Dyserinck

Celeste Ribeiro-de-Sousa (Organização, apresentação e revisão)

 

 

Para conhecer mais publicações digitais, confira o projeto LIBEA – Literatura Brasileira de Expressão Alemã (coordenação geral: Profa. Dra. Celeste Ribeiro de Sousa)


Acesse as obras recuperadas pelo projeto: Ebooks LIBEA